HÉRNIA DE DISCO

HERNIA DE DISCO – UM GUIA COMPLETO – DR. GILBERTO EXPLICA

Hernia de disco pode provocar dor nas costas, dor na perna ou braço, junto com formigamento e fraqueza. Causas, sintomas e tratamento sem cirurgia.

O Dr. Gilberto, explica tudo isto nesta página.
Profissional no tratamento de hérnia de disco há quase 30 anos e milhares de pacientes atendidos.

O que é hernia – Suas causasTipos de herniaSintomasDiagnóstico com examesTratamento sem cirurgiaPrevenção


O QUE É HERNIA DE DISCO

Hérnia de disco é o nome usado para um disco que se projetou fora do seu local original.

Na nossa coluna vertebral existem 33 vértebras, sendo 9 fixas e 24 móveis. Assim, entre cada vértebra existe um disco cartilaginoso, parecido com geleia muito forte.

CAUSAS DA HERNIA DE DISCO

Disco sofrendo muita compressão

Na figura abaixo, pode-se observar o “disco 1” que está íntegro. Porém o “disco 2” está sendo esmagado, devido a  diminuição de espaço entre as vértebras. Portanto, esta diminuição do espaço, comprime o disco 2 e, então, sua membrana é expelida em um dos lados. Este “pedaço” que “saiu para fora” do seu local de origem é chamado de Hérnia de Disco.

Hernia de disco mostrada em um close da coluna vertebral. O disco está sofrendo compressão, desta forma resultando em uma hérnia de disco que pinça o nervo ciático

Coluna vertebral, com vértebras, discos. Mostrando uma hernia de disco

Observando ainda a figura acima, vemos que o pedaço do disco que se projetou para fora, ou seja a hernia de disco, está amassando um nervo que passa bem naquele local. Isto é chamado de pinçamento do nervo, que resulta na inflamação deste nervo pinçado.

Para facilitar a compreensão, gosto de comparar o disco à uma gelatina firme. Se apertar a gelatina, ela forma uma saliência, tal como o disco faz ao sofrer compressão.  Claro que o disco é muito mais forte que a gelatina, mas acho que o exemplo é bem ilustrativo !

Hérnia de Disco comparado à gelatina

Gelatina comparada à hernia de disco

A diminuição entre os espaços das vértebras pode ocorrer como resultado à esforços repetidos em esportes ou atividades físicas intensas.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com

Envelhecimento Natural

Outra causa de hernia de disco é o avançar da idade, tendo como resultado uma degeneração do disco.
Com o envelhecimento os discos desidratam, ou seja, perdem a água que lhe é natural.  Para piorar, quanto mais a pessoa envelhece, menos sede sente. Por isso é muito importante deixar uma garrafinha próximo, para lembrar de beber água.

É claro que não é apenas beber bastante água. Além disso, com o avançar da idade, existem suplementos muito importantes, que devem serem consumidos.   O correto é consultar seu médico, para a orientação e prescrição adequada.

A desidratação faz com que os discos diminuam sua flexibilidade, como resultado haverá rompimento da sua membrana, mesmo com menos esforços do que suportaria na juventude.

Causa Genética

Um outro fator descrito em alguns livros, como causador de hernia de disco é o genético. Como resultado, esta teoria diz que algumas pessoas teriam uma predisposição genética para sofrerem de hérnia de disco. Ou seja, que seria hereditário.

Comento esta informação nesta página, mas, pessoalmente, não creio muito nesta possibilidade, pois não é o que observo no meu dia a dia, no atendimento de milhares de pacientes, durante toda minha carreira profissional.

Hérnia de Disco e Postura

A questão postural também tem alguma influência nas causas de hérnia de disco. Ainda mais para quem executa atividade com muito esforço ou tenha escoliose.

Assim, escrevi uma página específica sobre isso: drgilberto.com/alongamentos.html

Hernia de Disco com causa Emocional

Parece estranho, eu sei, dizer que a hernia de disco, que é um problemas totalmente físico, ter como uma de suas causas o fator emocional.  Por isso, escrevi uma página sobre isso, explicando em detalhes como pode ocorrer: Emocional

TIPOS DE HERNIA DE DISCO

Existem algumas variações de hernia de disco:

Os 3 Locais que a hérnia de disco pode surgir:

SINTOMAS DA HERNIA DE DISCO

A inflamação de um nervo, conforme explicado acima, pode causar dor no trajeto deste nervo.

Além de dor, pode também, ocorrer formigamento (parestesia) e fraqueza pelo trajeto do nervo,  devido a ele estar sendo pinçado pela hernia de disco.
Se a hérnia de disco ocorrer na região lombar, acometerá nervos que descem pela coxa, perna e pé. Então a pessoa poderá sentir os sintomas (dor, formigamento e fraqueza) pela coxa, perna e pé.

Se a hérnia de disco estiver na região cervical, os sintomas poderão ocorrer no ombro, braço e mão.

Claro que tudo isso é muito variável. Tem pessoas com hernia de disco que só sentem dor na coluna, outras apenas dor na perna. Tem pacientes com hérnia de disco que só sentem a fraqueza na perna ou braço,  ou ainda só a parestesia (formigamento).

São realmente muitas variáveis envolvidas.

Ou seja, dependendo da localização exata e do tamanho da hernia de disco, resultará um tipo de sintoma.
E digo mais, na minha experiência de quase 30 anos apenas tratando hérnia de disco, noto que o fator emocional tem importância.

Ou seja, percebo que pessoas mais tensas experimentam, infelizmente, um número maior de sintomas e, também,  mais fortes. Diferente de pessoas tranquilas que, muitas vezes, só sentem leve dor na coluna, mesmo tendo hérnia de disco.

Para resumir o que escrevi acima e facilitar o entendimento:

Quando a HERNIA DE DISCO estiver na região lombar

Devido o trajeto dos nervos lombares ser localizado no membro inferior, os sintomas são sentidos no membro inferior e quadril. Por exemplo, o nervo mais famoso é o nervo ciático, aqui mostrado na figura.

Hernia de disco pinçando o nervo ciático, resultando na dor ciática. Esta figura mostra o trajeto do nervo ciatico, desde seu começo na coluna lombar, descendo pela coxa e perna, até chegar no pé.

Trajeto do nervo ciático

Podem ocorrer, por exemplo, todos ou apenas um dos sintomas descritos abaixo:
– Dor na região lombar (chamada de lombalgia)
– Dor na região lombar + dor no membro inferior, chamada de lombociatalgia ou também chamada de dor no nervo ciático.
– Dor apenas no membro inferior, chamada de ciatalgia ou dor no nervo ciático.
– Dor em uma das nádegas
-Dor e/ou formigamento na coxa
– Dor e/ou formigamento na panturrilha
– Dor e/ou formigamento no pé.
– Dor na região pélvica
Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com

Quando a HERNIA DE DISCO estiver na região cervical (nuca)

Como resultado do trajeto dos nervos cervicais ser localizado no membro superior, os sintomas são sentidos na região superior. A figura mostra o trajeto de alguns nervos braquiais.

Hernia de disco pinçando nervos braquiais. Esta figura mostra o trajeto de alguns nervos braquiais, desde sua raiz, na coluna cervical, passando pelo ombro, braço, até chegar na mão.

Trajeto de alguns nervos braquiais

Podem ocorrer todos ou apenas um dos sintomas descritos abaixo:
– Dor na nuca.
– Dor na nuca + dor no ombro e/ou braço.
– Formigamento e/ou fraqueza no membro superior, inclusive mão.
– Dor de cabeça (cefaleia)

Hérnia de disco que não apresenta sintomas – não causa dor

Existem, também, pessoas que tem hernia de disco, mas nem sabem disso, pois não sentem nada. É uma situação mais rara, mas existe.
Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com

Vídeo sobre Hérnia de disco:

VÍDEO SOBRE OS TIPOS DE HÉRNIA DE DISCO

 

Veja este vídeo sobre melhor posição para deitar, sem prejudicar a coluna:

VIDEO SOBRE POSIÇÃO CORRETA PARA DEITAR

POSIÇÃO CORRETA PARA DEITAR

 

MELHOR COLCHÃO PARA DORMIR

MELHOR COLCHÃO PARA DORMIR

 

DIAGNÓSTICO DA HERNIA DE DISCO

Comentarei apenas como informação quais os exames habitualmente solicitados pelo seu médico.
Quem decidirá qual ou quais exames solicitar é o profissional da saúde, que poderá suspeitar de hérnia de disco quando você relatar um ou mais sintomas descritos acima e poderá pedir alguns dos seguintes exames:

Raios-x

O Raios-x não mostra se você tem ou não uma hérnia de disco, mas serve para mostrar o contorno da coluna e descartar uma outra situação, como por exemplo uma fratura ou tumor.

O motivo do raios-x não “enxergar” uma hérnia de disco é devido mostrar apenas partes duras (osso) e o disco é cartilaginoso, ou seja, é mole, então não aparecerá no raios-x.

Tomografia Computadorizada (TC)

O funcionamento da TC é a utilização de várias imagens de raios-x por um tubo giratório, que são reconstruídas posteriormente através de computador. Ou seja, a imagem final é dada pelo computador.

Ressonância Magnética (RM)

Usa ondas de rádio num campo magnético. Um computador cria as imagens em 3D detalhadamente. A perfeição da RM é incrível, consegue mostrar a localização da hérnia de disco e, também, mostrar o seu interior. Além disso, mostra quais nervos estão sendo afetados pela hérnia de disco.

Hernia de disco vista numa ressonancia magnética. Nesta imagem pode-se ver a hernia pinçando nervos lombares, nervo ciático, com sua raiz na coluna lombar. Resultando em dor nas costas e a dor ciática.

Ressonância Magnética mostrando uma hérnia de disco

TRATAMENTO SEM CIRURGIA NA HERNIA DE DISCO

Comentarei nesta página sobre o tratamento não invasivo, ou seja, sem cirurgia.

Existem várias técnicas de tratamento não invasivos, mas durante estes meus quase 30 anos de dedicação ao estudo e tratamento da hérnia de disco, consequentemente comprovei os melhores resultados com as técnicas que descrevo abaixo.

Não quero ser o dono da verdade, sei que existem também outras boas técnicas, mas com as que menciono abaixo (e que utilizo diariamente) obtenho ótimos resultados.
Uso no meu dia a dia do consultório a soma das seguintes técnicas:
Quiropraxia + Osteopatia + Mesa de Tração para Descompressão + Acupuntura + Raios Laser. Então, em cada sessão são realizados vários procedimentos, um logo em seguida do outro.

Eu, particularmente, realizo estes procedimentos juntos, em cada sessão. Ou seja, primeiro faço os ajustes quiropráticos e osteopáticos, em seguida aplico acupuntura. Depois da acupuntura, aplico soft laser na região da hérnia de disco. Posteriormente aplico a mesa de tração com descompressão no paciente. Durante a descompressão o paciente fica deitado confortavelmente ( a tração não dói nada).

Cada sessão tem um tempo médio de 40 à 50 minutos, mas o tempo dependendo de cada caso. Entretanto a primeira sessão demora mais, pois tem a consulta inicial.

Se você deseja saber em detalhes como é cada um destes procedimentos, então veja em minha página “Nosso Tratamento”, clicando no menu (lá em cima).

Espero que tenha gostado desta página, pois me esforcei para tentar explicar da melhor forma possível e ajudar você.
Felicidade !!!

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com

PREVENIR HÉRNIA DE DISCO

Já diz o velho ditado “é melhor prevenir do que remediar”, então fiz uma página de cuidados com sua coluna e, também, alguns alongamentos úteis: drgilberto.com/alongamentos.html